fbpx

Cor, beleza e arte. Bellavista, um dos bairros de Santiago, no Chile, é a atração dos turistas que querem conhecer a cidade. A região traz em suas ruas, paredes pintadas, muita cor e distribuição de arte para quem desejar enxergar. É demonstração de um charme especial que o bairro tem.
Durante o dia, quem passeia por suas ruas encontra muitas paredes grafitadas em cada construção. As construções antigas ganham, assim, mais vida, mais iluminação. Os artistas conseguem expor sua arte nas paredes e, dessa maneira, misturam o antigo e o novo de uma forma que tudo parece uma coisa só.
Bares e restaurantes são muitos pela região. Todos os gostos podem ser agradados, há opções para todos que passeiam por suas ruas. De dia ou de noite, é possível encontrar mesas para fora dos restaurantes, a vista é muito bela para ficar dentro de uma construção.

 

Pátio Bellavista

Destaque para esse centro comercial, que foge do tradicional. Geralmente, quando pensamos em comércio, imaginamos um shopping. O Pátio Bellavista não deixa de ser um, porém a céu aberto.

 

bellavista

 

Ele tem também outro diferencial, seu maior foco não é para venda de produtos duráveis, mas sim para o de produtos alimentícios. Então, quando se trata de comida, o Pátio Bellavista concentra boas opções para se alimentar. O melhor é o horário de funcionamento de seus restaurantes. Eles abrem bem cedo e vão até altas horas da madrugada, principalmente nos finais de semana.
Uma boa opção dentro do local é o Como Água Para Chocolate. O restaurante usa de sua “cozinha mágica afrodisíaca” para estimular os sentidos e o paladar dos clientes. O Pátio também apresenta um bistrô francês que faz sucesso no centro comercial. O ambiente combina com o cardápio que é muito agradável.

E quando se trata do melhor hambúrguer, o centro tem a opção da lanchonete Mr. Jack. Há também outras três lanchonetes da rede na cidade. Os lanches são bem grandes e muito caprichados, o que enche os olhos de seus clientes e de quem está turistando no local. A carta de lanches é bem extensa e tem muitas combinações disponíveis.

 

La Chascona e Cerro San Cristóbal

As três casas do poeta Pablo Neruda foram transformadas em museus. A que se localiza na capital se tornou a La Chascona. O nome está ligado ao apelido com que a amante do poeta, para qual a casa foi construída, Matilde Urrutia, o chamava.

A casa em si é um grande ponto turístico. Sua construção é feita sob medida, com pitados do próprio artista, o que a faz ser uma obra de arte também.
Localizada bem próxima da La Chascona, o Cerro San Cristóbal é um dos pontos mais altos da cidade. O passeio que envolve a subida até o Cerro é bem bacana e vale ser feita. Pode ser feito a pé, de bicicleta, de carro ou de funicular (um elevador que sobe ladeiras).
A vista lá de cima é bonita, mesmo que a poluição encubra um pouco a visão.

 

city-tour-santigo-moderno-e-concha-y-toro

 

Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*