fbpx

Essa é para os viajantes “profissionais”, aqueles que viajam não apenas para ver pontos turísticos icônicos, mas também para se deliciar com aquele cantinho absurdamente delicioso que pouca gente conhece. Se identificou? Então se prepare para conhecer uma joia perdida: a Cascata el Yeso.

A Cascata el Yeso é uma linda cachoeira de água azul-turquesa cercada por montanhas cobertas de neve, que fica na região de Cajón del Maipo. Embora a cascata não seja muito conhecida (daí porque a chamamos de “joia perdida”), o Cajón del Maipo é uma área turística bastante badalada.

 

Cachoeira pertinho de Santiago

Aliás, uma ótima notícia para quem quer explorar essa parte ainda pouco conhecida do Chile é a distância até Santiago. O Cajón del Maipo fica a apenas 110 km do centro da capital. A principal atração turística de lá é o reservatório Embalse el Yeso, temporariamente fechado ao público.

Outras atrações bastante conhecidas são as “Termas del Plomo”, um conjunto de piscinas naturalmente aquecidas. Mas, já que você é um viajante profissional, vamos direto ao assunto: a Cascata El Yeso.

Também conhecida como “Salto el Yeso”, essa incrível queda d´água é de uma beleza magnífica. Trata-se, na verdade, de uma depressão no meio das montanhas, onde deságua um rio caudaloso. O cenário é paradisíaco e lembra um desses papéis de parede animados de computador.

No centro, um pequeno lago azul recebe as águas turbulentas lançadas pela cachoeira. A espuma branca formada pelo movimento das águas combina com a pureza das montanhas cobertas de neve que cercam o local. O cenário é de deixar qualquer um boquiaberto.

 

Pista de patinação improvisada garante muito divertimento

Como se o visual já não fosse suficiente, os amantes da neve ainda encontram outra atração na Cascata el Yeso: uma pista de patinação no gelo, que garante muitas horas de diversão, tombos e risadas com vista privilegiada desse cartão postal ainda pouco explorado. A criançada adora!

Para quem não conhece a região, chegar até a Cascata el Yeso não é tarefa das mais fáceis. Afinal, ela está bem “escondida”. Mas não se preocupe, temos boas notícias! A Destino Chile é uma das pioneiras em oferecer este novo passeio aos seus clientes!

Além do atendimento especializado nos turistas brasileiros, com guias experientes que falam português ou “portunhol”, fazer esse passeio incrível com a Destino Chile traz outra vantagem. O cliente da Destino participa de um delicioso piquenique com vista para a cachoeira, uma experiência deliciosa!

 

cascata-el-yeso-cajon-del-maipo

 

Programação do passeio

A viagem começa bem cedinho. Antes das 7h a van da empresa pega o hóspede no hotel em que ele estiver hospedado e começa o passeio.

Não precisa se preocupar em tomar café da manhã no hotel. Antes de chegar no Cajón del Maipo fazemos uma “parada estratégica” para carregar as baterias, tomando um café da manhã reforçado. Essa refeição é realizada no complexo turístico de Cumbres del Maipo.

Ah! Se seu filho é daqueles que tem preguiça de manhã, não se preocupe. Ele já vai começar o dia cheio de energia. É que o Cumbres del Maipo conta com um pequeno zoológico cheio de  lhamas, veados  e outros bichos da região. Além de fofos, os animais fazem a alegria da criançada.

 

cascata-el-yeso-cajon-del-maipo

 

Túnel “assombrado” é atração à parte

Ainda seguindo a linha de atrações “escondidas” no Cajón del Maipo, o passeio faz mais uma parada estratégica. Dessa vez é no Túnel Tinoco. Esse túnel era utilizado antigamente por uma linha de trem, hoje desativada.

Atualmente o túnel guarda uma espécie de santuário construído em seu interior. Esse local de adoração é repleto de cataventos, oferendas e adornos colocados pelos povos da região.

Essa tradição teve início na década de 1990, quando um jovem de 18 anos suicidou-se dentro do túnel. Desde então se ouve falar de uma estranha lenda. A fábula diz que, enquanto os cataventos continuarem girando, os lamentos do jovem jamais deixarão de ser ouvidos.

Perto dali fica o refúgio militar, outra área que vale uma paradinha, para conhecer a história do Cajón del Maipo. Trata-se de um antigo acampamento que, por volta de 1950, hospedou os trabalhadores que construíram o Embalse el Yeso, responsável pelo abastecimento de Santiago.

Com o passar dos anos, o local – hoje abandonado e com ares de mistério e melancolia – serviu também como abrigo de mineiros e refúgio militar. É uma interessante paisagem urbana e degradada que destoa da beleza imponente da natureza.

 


blog-PlanejandoViagem-728x90_OFICIAL-02

 

O que levar no passeio até a Cascata el Yeso

Seja com agência ou visitando a Cascata el Yeso por conta própria, é sempre bom ir preparado para o frio intenso que costuma fazer no inverno. Leve em consideração também que a região é ainda pouco frequentada pelos turistas, por isso a infraestrutura local é espartana.

Assim, é bom se vestir em camadas. Não se esqueça de levar luvas, cachecol e uma boa touca. Ah! Nada de tênis e sapatos! Prefira ir com uma bota para pisar na neve e se divertir sem preocupações.

Que tal descobrir essa joia perdida em plena Cordilheira dos Andes? Faça um orçamento agora mesmo e se prepare para curtir a melhor viagem de sua vida.

 

Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*