fbpx

Para quem gosta de viajar, encontrar um lugar exótico é como encontrar um pote de ouro no fim do arco-íris. A sensação de deslumbramento e exclusividade é real. Para a sorte dos brasileiros, a América do Sul é cheia de lugares assim. Confira 7 lugares para conhecer na América do Sul.

 

  1. Deserto do Atacama (Chile)

Certamente por essa você não esperava! Pertinho do Brasil fica o mais seco deserto do mundo. Isso por si só já seria bastante exótico, mas é só o começo! O deserto do Atacama tem paisagens que parecem alienígenas e oásis quedecerto podem ser confundidos com miragens!

O Atacama não é apenas um passeio, mas sim um destino com vários passeios incríveis. Destaque para as paisagens de outro planeta dos vales de La Muerte e La Luna, a exibição de poder da natureza nos gêisers del Tatio e a beleza improvável da Laguna Cejar.

 

geyser-el-tatio

 

  1. Glaciar Perito Moreno (Argentina)

Inegavelmente a América do Sul é feita de extremos. Ao mesmo tempo em que o turista pode derreter no Atacama, é possível também congelar mais ao sul. E lá, inesperadamente, também há um local para lá de exótico: a geleira Perito Moreno.

Ela fica na região de El Calafate, na Patagônia. Os turistas podem chegar bem perto do glaciar, que tem mais de cinco quilômetros de extensão. A vista é realmente linda. A geleira Perito Moreno já foi considerada umas das oito maravilhas naturais do planeta.

 

  1. Cascata El Yeso (Chile)

Milhares de turistas visitam, todos os anos, a região de Cajón del Maipo, a 100 km de Santiago, capital do Chile. O que a maioria desses turistas não imagina é que nessa região há uma joia escondida dos olhos do grande público: a Cascata El Yeso.

Trata-se de uma queda d´água que forma uma lagoa azul-turquesa cercada, no inverno, por montanhas cobertas de neve. O visual parece um daqueles globos de neve tão populares no Natal. Exótico e imperdível.

 

cajon-del-maipo-cascata-el-yeso

 

  1. Caño Cristales (Colômbia)

De que cor são os rios? A resposta é mais difícil do que parece. É que, antes de responder, você precisa visitar o Caño Cristales, na Colômbia. Durante os meses de junho a novembro esse rio famoso no país ganha cores que deixam qualquer visitante estupefato.

Algas e outras plantas que se reproduzem em suas águas provocam um festival de cores. A correnteza tem tons de vermelho, azul, verde, preto e amarelo. No caso do vermelho e do amarelo, a cor é tão intensa que parece que jogaram tinta no rio. Lindíssimo.

 

  1. Torres del Paine (Chile)

Natureza selvagem e pouca presença humana fazem a Torres del Paine, na Patagônia chilena, um dos locais mais exóticos do mundo. As torres são, na verdade, duas grandes montanhas de granito, que parecem ser guardiãs do parque de mesmo nome.

Elas observam do alto belezas naturais indescritíveis, como picos nevados; geleiras; lagos azuis, verdes e cinzas; cascatas; pradarias e animais silvestres.

 

  1. Salar de Uyuni (Bolívia)

O salar de Uyuni, a cerca de 500 km de La Paz, é o maior mar de sal do mundo. São 10 mil quilômetros quadrados de uma brancura tão intensa que, nos dias mais claros, é difícil manter os olhos abertos. Já nos dias de chuva o local vira um gigantesco espelho d´água, que gera ilusões de ótica incríveis.

Além disso, o salar de Uyuni conta também com lagoas cristalinas (e uma lagoa estranhamente avermelhada), gêiseres, vulcões inativos e animais selvagens que, de alguma forma, conseguem sobreviver nesse ambiente altamente inóspito.

 

     

  1. Machu Picchu (Peru)

Exótica, excêntrica, extravagante… todas essas palavras vêm à mente quando se fala em Machu Picchu, a “cidade perdida” do império inca. Afinal, a cidade fica em cima de uma montanha de granito, a 2.350 metros acima do mar, literalmente entre nuvens.

Sua arquitetura singular foi erguida com pedras pesadíssimas que, de alguma forma, foram levadas para o topo dessa “montanha velha” (significado de Machu Picchu na linguagem inca).

Em Machu Picchu não deixe de vislumbrar, de um ponto mais alto, o cenário que une as ruínas da antiga cidade, o pico das montanhas ao redor, o barulho das corredeiras do rio Urubamba e as nuvens que trazem uma paz aparentemente infinita. Para muitos, a viagem de uma vida.

 

  1. Bônus de lugares para conhecer na América do Sul – Ilha de Páscoa (Chile)

Quem nunca teve a curiosidade de viver os mistérios de uma ilha isolada? Pois assim é a Ilha de Páscoa, a 3.500 km da costa do Chile. O local conta apenas com uma cidade, a Hanga Roa, mas seu principal atrativo está mesmo na costa: os famosos moais.

Moais são estátuas gigantes feitas de pedra vulcânica, que chegam a pesar 80 toneladas. Quem as fez, como foram feitas e transportadas e sua função são um mistério até hoje não desvendado.

 

 

Como se pode ver, há muitos lugares exóticos na América do Sul. Dentre as várias opções, algumas são mais fáceis de acessar que outras. O salar de Uyuni, por exemplo, pode ser desafiador, já que a infraestrutura é precária.

Já outras, como o deserto do Atacama ou o Cajón del Maipo, no Chile, são um presente para os turistas, que encontram infraestrutura completa, com bons sistemas de transporte, variadas opções de hospedagem e ótima segurança.

Quer mais dicas de lugares para conhecer na América do Sul? Siga a Destino Chile no Facebook e Instagram.

 

Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*