fbpx

Chegou a hora! Está preparado para fazer a melhor viagem de sua vida? O Chile com certeza vai te surpreender! Se você ainda tem dúvidas sobre sua viagem, é hora de colocar um fim nelas agora. Descubra tudo sobre o Chile!

 

  • Que documentos levar?

Ao contrário de viagens para os EUA, não é preciso de visto para entrar no Chile. Não é necessário sequer ter um passaporte. Brasileiros podem entrar no país apenas com a carteira de identidade. Mais fácil, impossível!

 

  • Posso entrar no Chile com meus filhos?

Pode, desde que a criança esteja acompanhada tanto do pai quanto da mãe. Caso ela esteja viajando com apenas um dos pais, é preciso ter a autorização de viagem internacional de criança e adolescente.

Essa regra vale para qualquer viagem internacional, e não apenas para o Chile. A exceção é a criança que tenha um passaporte com a autorização para viajar desacompanhada. Ah! A criança precisa portar documento de identidade (a certidão de nascimento é insuficiente).

Confira dicas para se divertir no Chile com seus filhos!

 

valle-nevado-e-farellones

 

  • Que moeda é utilizada no Chile?

A moeda usada no Chile é o peso chileno. R$ 1 compra cerca de 180 pesos chilenos. Para que seu dinheiro renda mais, a dica é sair do Brasil com a maior parte do dinheiro em reais e comprar pesos chilenos em Santiago, mais especificamente na rua Augustinas.

 

  • Posso sacar dinheiro no Chile?

Com toda a certeza, nos caixas eletrônicos operados pela Redbanc.

 

  • Quanto custa viajar para o Chile?

A resposta depende do seu local de origem, da data da viagem e do seu padrão de vida. Um casal consegue passar três noites em Santiago gastando apenas 650 reais (fora as passagens), desde que se hospede em albergues e faça apenas um passeio com uma agência.

Ao mesmo tempo, é possível se hospedar em hotéis cinco estrelas e comer apenas nos melhores restaurantes gastando cerca de R$ 9 mil (o casal) em cinco noites, fora as passagens aéreas.

A fim de encontrar as passagens mais baratas? Antes de tudo, pesquise voos no Google Flights. O site mostra um gráfico informando quando as passagens estão mais baratas ou mais caras, e ainda indica se você está pagando um valor acima ou abaixo da média.

 

  • Preciso comprar um adaptador de tomada antes de viajar?

Sim! O padrão de tomadas brasileiro é de três pinos, com um dos pinos levemente acima dos outros dois, enquanto que o padrão chileno é de três pinos alinhados. Portanto, as tomadas brasileiras de três pinos não encaixam nas tomadas chilenas.

por outro lado, as tomadas de dois pinos encaixam perfeitamente.

 

  • É seguro andar no Chile?

Sim, as ruas de Santiago do Chile são seguras. Entretanto, assim como em qualquer outro lugar do mundo, roubos e furtos acontecem (embora sejam raros).

Portanto, no Chile, nos EUA ou no França, tome alguns cuidados básicos de segurança, como evitar deixar objetos de valor à mostra e sempre estar atento à carteira ou bolsa.

 

  • Devo andar de ônibus, táxi, metrô ou alugar um caro?

O meio de transporte ideal depende de sua programação. O metrô de Santiago é excelente e passa por boa parte dos pontos turísticos da cidade. Se o metrô não chega ao seu destino final, sempre haverá um ônibus que fará a complementação do trajeto.

Caso queira mais conforto, opte por usar os aplicativos de transporte como o Uber. São mais seguros que táxis. Por fim, alugar carro só vale a pena se você quiser fazer passeios mais distantes da cidade (como Viña del Mar, Valparaíso ou estações de esqui) por conta própria.

Turistas brasileiros podem dirigir usando sua carteira de habilitação emitida no Brasil.

 

tudo-sobre-o-chile-metro-santiago-do-chile

 

  • Posso beber água da torneira?

A água de Santiago do Chile é de boa qualidade, mas a ingestão de água da torneira por parte dos brasileiros não é recomendada. A água possui muitos sais minerais e pode causar mal estar.

 

  • Preciso contratar um seguro-viagem?

Ao contrário das viagens para a Europa, o turista não é obrigado a vir ao Chile com seguro-viagem contratado.

 

  • Preciso tomar vacinas para ir ao Chile?

Não.

 

  • Quais são as operadoras de celular do Chile?

Entel, Movistar, Claro, Wom e Virgin. É possível contratar pacotes de internet por apenas R$ 1,50 por dia, aproximadamente. Não há motivo para ficar desconectado.

 

  • Como ir do aeroporto para o centro de Santiago?

Existem muitas opções ligando o aeroporto aos hotéis. Na área de desembarque há empresas que fornecem transportes de vans até o hotel desejado.

Já quem quer economizar pode pegar os ônibus das empresas Tur-Bus ou Centropuerto. Os veículos vão até o centro de Santiago, onde o turista pode descer na estações Pajaritos ou Los Heróes do metrô (linha 1).

 

  • Como economizar na hospedagem?

Uma boa dica é se hospedar em hotéis que não cobram IVA (Imposto do Valor Agregado). O IVA no Chile é de 19%, uma boa economia. Para ter direito ao desconto, basta pagar a hospedagem com moeda estrangeira ou cartão de crédito internacional.

 

  • Quando neva no Chile?

Geralmente entre junho e setembro, mas tudo depende da vontade da natureza.

 

  • Vale a pena visitar o Chile no verão?

Muito! Visitar o Chile no verão é como conhecer outro país, bem diferente daquela visto no inverno. É no verão que os parques de Santiago ficam mais bonitos e cheios de vida. O contato com a natureza se torna ainda mais intenso na Cordilheira dos Andes.

Os bairros boêmios fervem com a programação cultural intensa e o vai e vem de turistas e moradores. E as vinícolas ficam ainda mais coloridas.

 

  • Quais os melhores bairros para se hospedar?

Os bairros de Las Condes, Vitacura, Providencia e Centro são alguns dos mais procurados. Las Condes e  Vitacura são os mais chiques, com muitos hotéis de luxo. Já o Centro conta com boa variedade de hotéis econômicos.

 

  • Quais são os melhores hotéis do Chile?

O Chile tem alguns dos melhores hotéis do mundo. Destaque para o Vik, no Vale de Millahue; Sheraton Miranmar Convention Center, em Viña del Mar; o W Santiago, na capital; o Tierra Patagonia Hotel &Spa, na Patagônia; e o Explora Atacama, no deserto do Atacama.

 

  • Quais são as melhores vinícolas do Chile?

Essa é uma pergunta polêmica, pois depende bastante do gosto pessoal de cada um. Mas há algumas unanimidades, como a Vik, Concha y Toro, Santa Rita e Casas del Bosque.

Vai levar vinhos para o Brasil? Lembre-se que a Receita Federal permite a “importação” de até 12 garrafas de vinho, sem o pagamento de taxas de alfândega.

 

destino-del-vino-valle-de-casablanca

 

  • Qual a melhor agência de turismo do Chile?

Essa é fácil! A melhor agência de turismo no Chile é brasileira! Trata-se da Destino Chile, especializada no atendimento aos brasileiros, com sede em Santiago e filial no deserto do Atacama.

A agência é avaliada com cinco estrelas no TripAdvisor. Confira a opinião de um dos nossos clientes:

“Gostaria, em nome de todo grupo, agradecer a Destino Chile por ter nos proporcionado uma viagem com as melhores experiências. A disponibilidade deles em oferecer e entender as nossas expectativas, o atendimento e o time de guia que eles possuem com certeza foi importante para esse resultado.

Estamos muito satisfeitos e contentes, estaremos sempre recomendando a empresa de vocês. Nossos agradecimentos em especial aos guias pelas dicas e por proporcionar, sempre que possível, o máximo de imersão à cultura chilena”. (Taís Paiva, publicada em dezembro de 2018)

Agora que você já sabe tudo sobre o Chile, que tal saber tudo sobre como aproveitar sua viagem ao máximo? Entre em contato com a Destino Chile e receba um orçamento sem compromisso.

Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*